Kit Agosto/2019

Kit Agosto/2019

Postado em:
Blog - Kit do mês
- 06/08/2019 16:16:21

Olá, assinantes!
Neste mês nosso passeio queijeiro é pelos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Começamos nossa apresentação com o Taiúva, um queijo de curta maturação, com uma faixa de carvão de Taiúva (árvore nativa brasileira). Resultado da farta produção da fazenda Atalaia, do casal Paulo e Rosana, que vêm se dedicando aos queijos artesanais há 20 anos. A fazenda, com mais de 100 anos, vem do cultivo do café, e algumas instalações originais estão mantidas até hoje para a cura dos queijos em condições naturais de temperatira e umidade.  
Outro queijo paulista é o Simental, da fazenda Santa Luzia. Martin e Maristela são os proprietários da queijaria artesanal com o registro oficial mais antigo do estado. Apostaram no gado Simental (que dá nome ao queijo desse mês), incomum por aqui, mas que produz um leite excepcional. Eles produzem em torno de uma dúzia de queijos diferenciados, inovadores, que já conquistaram o público.
Fechando o time paulista, apresentamos o Cuesta Azul, da fazenda Sant’Anna, queijaria Pardinho. Com um trabalho de melhoramento genético de mais de 30 anos e diversos certificados de excelência, a queijaria dedica-se atualmente a produção de queijos a partir do leite do gado Gir. Dentre eles, o Cuesta Azul, que leva o fungo penicillium roqueforti em sua composição.
Descendo no mapa, chegamos ao Rio Grande do Sul, lá na fronteira com o Uruguai. O casal Graciela e Gaspar criaram a marca Terroir da Vigia e decidiram investir na produção de queijos de ovelha (além da vinicultura, criação de porcos e outros projetos incríveis) naquela região onde esse animal se adaptou tão bem. O Etchekôa é um queio maturado e untuoso, bem original.
Fechando a lista, um autêntico queijo mineiro artesanal. O Filão é um representante da queijaria Santo Antônio, em Passa Quatro. Depois de se aventurar em diferentes profissões, João Antônio resgatou a produção de queijos inciadas por seu avô e inciou a produção de uma série de queijos surpreendentes que unem tradição e inovação. O Filão é um deles, diferente dos tradicionais mineiros, foi inspirado no provolone italiano.

TAIÚVA (SP) – Fazenda Atalaia, cidade de Amparo. Queijo de leite de vaca, maturação média de 30 dias. Produzido com uma cultura láctea de kefir que o deixa com um sabor único, rico em nutrientes e probióticos. De massa macia e paladar suave, tem em seu interior uma camada fina de carvão vegetal da Taiúva.
 
SIMENTAL (SP) – Fazenda Santa Luzia, cidade de Itapetininga. Queijo de massa semi-cozida e casca lavada. Maturação média de 40 dias. Tem a casca e interior de cor alaranjada devido à adição de corante vegetal de urucum. De sabor suave e textura macia, cremosa. Leva esse nome em homenagem à vaca que produz o leite.
 
CUESTA AZUL (SP) – Fazenda Sant’Anna, cidade de Pardinho. Queijo de leite de vaca, elaborado em antigos tachos de cobre, com maturação média de 4 meses sobre prateleiras de madeira, em caves subterrâneas que garantem estabilidade de temperatura e umidade, condições ideais a todo o processo de afinagem. Casca rugosa tomada por fungos naturais da fazenda e traços de mofo azul na massa.
 
ETCHEKOA (RS) – Em basco, "etxekoa" significa "feito em casa". Com uma pequena alteração para contemplar a saudação típica do Rio Grande do Sul, “tchê”. Queijo de liete de ovelha, de massa semi-cozida, prensado e curado por pelo menos dois meses. Complexo e de sabor intenso, com o terroir único da Campanha Gaúcha. Maturação média de 120 dias.
 
FILÃO (MG) - Queijaria Santo Antônio, cidade de Passa Quatro. Queijo de leite de vaca, massa filada, maturação média de 90 dias. Defumação rápida com Cedro. Casca fina e massa elástica. Inspirado na receita do provolone italiano, mas com toque inovador mineiro.
 
Conservação:
 
Manter na geladeira (parte menos fria), envolto em filme plástico ou papel manteiga. Retirar da geladeira e da embalagem ao menos meia hora antes de degustar. Para manter a umidade, também é possível armazenar em potes plásticos. Importante abrir o pote a cada 2 dias para circulação do ar.

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Kit Novembro/2019
Kit Novembro/2019
Kit Outubro/2019
Kit Outubro/2019
Kit Setembro/2019
Kit Setembro/2019
Kit Julho/2019
Kit Julho/2019
Kit Junho/2019
Kit Junho/2019

Receba novidades por email

E-mail cadastrado com sucesso.