186836706416119
Kit Agosto/2021

Kit Agosto/2021

Postado em:
Blog - Kit do mês
- 08/08/2021 21:25:11

Olá, assinantes, esperamos que todos estejam bem. Vamos aos queijos do mês!
 
1.Comandada pelo dedicado casal Adriana e Tuca desde 2014, a queijaria Almeida Guimarães está localizada em Itanhandu. Esta região recebeu a caracterização de produtores de queijo artesanal Mantiqueira de MInaspela EMATER, o que vem trazendo mais visibilidade aos queijeiros das 9 cidades envolvidas. Da Almeida Guimarães saem em torno de uma dúzia de queijos que partem da receira original e ganham novos sabores através de trabalhos na casca, temperos e defumações. Nosso escolhido foi o clássico Capa Preta.

2.Lá do extremo sul do Brasil, vem o Madrugueiro.Paulo e Mari já rodaram bastante por aí antes de se dedicarem aos queijos. Moraram em cidades grandes e até no exterior. Aí veio a tal “crise existencial”. Paulo explica: “Juntos começamos a questionar muitas coisas e repensar quase tudo sobre a nossa vida pessoal e profissional. Foi então que decidimos passar um período sabático em Nova Iorque. E foi lá, numa das cidades mais cosmopolitas do mundo, que estalou em mim a importância do campo, do alimento, da origem da nossa comida”. Foi então que resolveram retornar às origens da família do Paulo, em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. Eles já tinham história com a lida das vacas e do leite. A consequência dessa mudança foi a fundação da Canto Queijaria em 2019 com propostas bem autênticas.

3. Da fazenda Sant’Anna, queijaria Pardinho, no estado de São Paulo, trouxemos o premiadíssimo Mandala. Com um trabalho de melhoramento genético de mais de 30 anos e diversos certificados de excelência, a queijaria dedica-se atualmente a produção de queijos a partir do leite do gado Gir. Utilizam tachos de cobre importados da França e realizam a maturação em caves e prateleiras de madeira, o que confere sabores, aromas e texturas especiais aos queijos. Uma das queijarias mais estruturadas do país.

4.Outro representante paulista é o Bem Brasil, da Queijaria Bela Fazenda. Carolina Vilhena é médica veterinária e filha de fazendeiro. Na infância sempre acompanhava o pai na lida com o gado de corte. Apaixonada pelo clima de fazenda, foi estudar sobre queijos para buscar uma outra relação com os animais. Fez cursos fora do país e começou a fazer seus testes na fazenda em 2017 e logo fundou sua queijaria. Ao longo desses anos a Queijaria Bela Fazenda já elaborou diversos queijos de inspiração europeia, mas sempre com o toque criativo da Carol. É uma importante representante do grupo das novas queijarias paulistas que têm surpreendido o universo do queijo artesanal com muita qualidade e criatividade em seus produtos.

5.Da queijaria Nonna Rosa, de Lavras, trouxemos o Dona Seba. Guilherme é descendente de italianos e morou um tempo na Itália. Depois que voltou para o sítio da família, resolveu acompanhar a produção de queijos frescos da avó. Foi produzindo e aprendendo com a Nonna, até que assumiu a queijaria quando a avó precisou parar. Começou a deixar os queijos maturarem mais, foi estudando e trocando com queijeiros mais experientes, até que resolveu inscrever seu queijo em dois concursos em 2019. Resultado: medalhas! A partir daí, a produção de queijos frescos foi substituída por diversas variações de maturados.
 
CAPA PRETA (MG) – Queijo de leite cru de vaca e massa semi cozida. Inspirado na receita do clássico parmesão. Maturação média de 120 dias. Casca com resina preta (não comestível), massa amarela, quebradiça, granulada. Sabor levemente picante e floral.

MADRUGUEIRO (RS) – Queijo de leite cru de vaca. Maturação média de 70 dias. Massa cozida. Casca florida, massa semi cremosa com pequenas olhaduras. Sabor suave de fundo doce.

MANDALA (SP) - Queijo de leite cru, feito com um blend de leites respeitando sempre um mínimo de 50% de leite de vacas Gir. Casca firme rugosa, lavada semanalmente durante sua maturação de 10 meses. Massa amarelada, untuosa, com notas amendoadas e fundo doce. Baixa acidez. Medalha Super Ouro, eleito como o melhor queijo no Mundial do Queijo do Brasil 2019.

BEM BRASIL (SP) – Queijo de leite de vaca, massa macia e casca com mofos branco e cinza. Inspirado no Saint Nectaire. Sabor suave, remetendo a iogurte. Bom contraste com a casca mais compelxa.

DONA SEBA (SP) – Queijo de leite cru de vaca. Maturação média de 40 dias. Casca lavada com pimenta do reino e azeite italiano. Massa semi-cremosa com adição de iogurte natural.
 
Manter na geladeira (parte menos fria), envolto em filme plástico ou papel manteiga. Retirar da geladeira e da embalagem ao menos uma hora antes de degustar. Podem aparecer pontos de mofo durante o tempo de geladeira. Quando não forem naturais do queijo, basta retirar essa parte. 
Esperamos que curtam a seleção. Boa degustação!

Categorias

Fique informado!

+ Posts

Kit Julho/2021
Kit Julho/2021
Kit Junho/2021
Kit Junho/2021
Kit Maio/2021
Kit Maio/2021
Kit Abril/2021
Kit Abril/2021
Kit Março/2021
Kit Março/2021

Receba novidades por email

E-mail cadastrado com sucesso.